A história do Kapap

Otomano (turco) na Palestina, as ocupações judaicas concluíram que não poderiam confiar a ninguém a defesa e proteção contra ameaças de gangues árabes. Eles começaram a desenvolver um simples sistema de defesa pessoal feito por elementos simples. Eles aprenderam métodos de combate oriundos dos militares britânicos que ainda lutavam contra os Turcos. As ocupações judaicas, dando suporte aos britânicos naquele tempo, estavam sendo fortalecidas a fim de minar o governo turco.

O treinamento britânico incluía Boxe, Judô, Wrestling, e outros sistemas de combate que os soldados britânicos haviam aprendido durante o regime do império britânico. Treinamentos foram adicionados a luta como Bastões, Facas e Baionetas. Eles chamaram este estilo de Kapap (Krav Panin El Panin / Combate Face a Face).

Entre os anos de 1920 a 1948 o Kapap se tornou a doutrina de combate de diferentes movimentos, principalmente o Haganah (palavra hebraica para defesa). O Kapap se desenvolveu e se tornou mais sofisticado através dos anos. As novas imigrações para a Palestina trouxeram junto novas práticas e táticas. Com o estabelecimento do Estado de Israel em 1948, o Kapap se tornou a doutrina de combate das Forças de Defesa de Israel – IDF e da polícia e de várias forças armadas de Israel. O único estilo mantido em manutenção, adicionando elementos modernos, aos clássicos e antigos modos de combate com uso de rifles e pistolas. Kapap se tornou o conceito de simplicidade e muita eficiência nos estilos de luta.

Central de Atendimento

Endereço: Rua 1, quadra 13, Nº 271, Setor Aeroviário,  Goiânia-GO
Fone: (62) 98240-0952
 

Visite:

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
Site.png
Urban Tactical

© 2012 - 2019 - Federação Brasileira de Krav Magá e Kapap